Investimentos do Governo para Santo Tirso em 2007 - Mais uma vez o PS abandona o concelho!

A Comissão Concelhia de Santo Tirso do PCP, reunida ontem, dia 24 de Outubro de 2006, analisou a situação política e social no concelho e no país, planificou a sua actividade futura, e abordou problemas diversos que afectam a população do concelho de Santo Tirso.

A proposta de PIDDAC (Plano de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central) apresentada na passada semana pelo Governo PS na proposta de Orçamento de Estado para 2007, no que diz respeito a Santo Tirso ignora as principais carências do concelho e desmente o Presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso que afirmava ter o compromisso do Governo para investimentos que compensassem a saída da Maternidade do hospital de Santo Tirso.

A verba prevista para investir no Hospital de Santo Tirso, não resolve minimamente os problemas estruturais existentes, nem tão pouco se destina a investimentos no Serviço de Urgência (o que aumenta as nossas preocupações quanto à continuidade daquele Serviço).

Desde 1998 que o Grupo Parlamentar do PCP tem apresentado na Assembleia da República propostas de atribuição de verbas para investimentos no Hospital de Santo Tirso. No entanto, todas elas foram chumbadas pelo PSD, pelo CDS e pelo próprio PS!

A Comissão Concelhia de Santo Tirso do PCP reafirma o seu compromisso de tudo fazer para a alterar esta proposta no decorrer do debate parlamentar e exorta os restantes Partidos a fazer o mesmo, cumprindo no Parlamento com aquilo que prometeram em Santo Tirso, tal como o faz o PCP!

A Comissão Concelhia de Santo Tirso do PCP salienta o enorme êxito do Protesto Geral convocado pela CGTP para o passado dia 12 e que contou com 100 Mil manifestantes, dos quais mais de 200 eram do nosso concelho.

A dimensão do protesto, e a disponibilidade dos trabalhadores e das populações para a luta contra as políticas do governo PS/Sócrates merecem o mais firme empenho de todos os comunistas e do povo em geral, particularmente dos tirsenses que têm sido amplamente afectados com a política de ataque aos direitos dos trabalhadores e de encerramento de Serviços Públicos.

Na sequencia da luta contra a política deste Governo, a Comissão Concelhia de Santo Tirso decidiu participar activamente na Campanha Nacional do PCP em defesa do Serviço nacional de Saúde, participando no Abaixo Assinado nacional e assumindo o objectivo de recolher 1000 assinaturas no concelho.

A Comissão Concelhia de Santo Tirso do PCP decidiu ainda promover um debate público sobre a Revolução de Outubro a realizar no próximo dia 18 de Novembro, pelas 15h30 na Junta de Freguesia de S. Martinho do Campo e que contará com a presença de Ruben de Carvalho (Jornalista e membro do Comité Central do PCP) e César Príncipe (Jornalista e Escritor).

A abertura de mais uma superfície comercial de média/grande dimensão na cidade de Santo Tirso, aliada à desastrosa politica municipal no que diz respeito ao apoio e promoção do comercio tradicional, causa preocupação à Comissão Concelhia de Santo Tirso que já tornou pública a sua solidariedade para com os comerciantes afectados.

Considerando a passagem do primeiro ano de mandato autárquico após as eleições de 2005, a Comissão Concelhia de Santo Tirso do PCP promoverá no final do mês uma conferência de imprensa de balanço, tendo ainda planificado um conjunto de visitas e contactos com a população das diversas freguesias do concelho a realizar em Novembro e Dezembro.

Por fim, tendo em conta que a maioria PS na Assembleia da República se recusou decidir sobre a despenalização da Interrupção Voluntária da Gravidez (IVG) na Assembleia da república, decidindo trocar o certo pelo incerto, a Comissão Concelhia de Santo Tirso do PCP, mesmo condenando este comportamento do PS/Sócrates, assume o compromisso de tudo fazer para que as mulheres não continuem a ser humilhadas, nem julgadas, nem condenadas por uma decisão que só a elas diz respeito.

Santo Tirso, 25 de Outubro de 2006
A Comissão Concelhia de Santo Tirso do PCP

logo XIIAORP