Governo volta a discriminar Santo Tirso

Na passada semana a Assembleia da república tomou conhecimento das propostas do governo no que diz respeito a investimentos e despesas de desenvolvimento da administração central (PIDDAC) para o próximo ano.
A proposta do governo relativamente ao concelho de Santo Tirso motiva da parte da Comissão Concelhia de Santo Tirso do PCP o mais firme protesto na medida em que continuam a ser adiados os grandes investimentos há muito prometidos.
Sendo o concelho de Santo Tirso um daqueles que mais tem sofrido com as politicas deste governo, que não investe no aparelho produtivo (fomentando o desemprego) e encerra serviços públicos (encerramento da Maternidade, diminuição de valências das Urgências, encerramento das Finanças na Vila das Aves e concessão da Residência de Estudantes), seria de esperar um investimento que compensasse a população deste concelho.
A proposta remetida pelo governo PS à Assembleia da República deixa de fora os grandes investimentos que há vários anos a população aguarda, nomeadamente:
• Cruzamento desnivelado na Variante EN105 com a ponte de Frádegas;
• Novas instalações para a Extensão de Saúde de São Martinho do Campo e de Caldas da Saúde;
• Centros de Dia em Rebordões, Burgães e Vilarinho;
• Pavilhão Polidesportivo de Vilarinho;
• Novas Instalações para o Hospital de Santo Tirso;
Perante esta triste e nefasta realidade para o nosso concelho, muito por culpa do PS e por passividade cúmplice do presidente da Câmara Municipal, a Comissão Concelhia de Santo Tirso do PCP reafirma a intenção de, na discussão do Orçamento de Estado para 2008, apresentar um conjunto de propostas que contemplem estes investimentos.
Aos outros partidos, e seus grupos parlamentares, exige-se que honrem os compromissos e tenham uma posição consonante com as promessas que fazem no período das campanhas eleitorais.
…porque os problemas do país e do concelho não se resolvem com discursos bonitos, mas sim com investimentos concretos que proporcionem a melhoria da qualidade de vida da população, o PCP, honrará os seus compromissos.
O que (não) farão os outros Partidos?!

Santo Tirso, 19 de Outubro de 2007
A Comissão Concelhia de Santo Tirso do PCP

logo XIIAORP